Grávida com Estilo!

5


Alguns looks de grávidas muuuito estilosas, para nos inspirar...


Preparando o corpo para a gravidez

4
A gravidez é um momento extremamente importante na vida da mulher e que requer muitos cuidados. Mas o que muita gente esquece é de que antes de chegar à gestação, a mulher que se prepara para engravidar também precisa estar atenta a algumas atitudes e até mesmo a investir em mudanças no estilo de vida. Essa preparação é muito importante, já que é durante as primeiras semanas que o desenvolvimento do embrião pode ser mais afetado.

Além disso, é sobre essa fase que precede a gravidez, e que traz ansiedades e expectativas, que costumam surgir muitas dúvidas do que se deve ou não fazer, não só para garantir a saúde da mamãe e maiores chances de uma gravidez sadia, mas também a saúde da criança.

O principal motivo para a futura mamãe preparar-se nos meses que antecedem a gravidez, é para que ela possa passar de maneira mais tranquila por todas as mudanças que esse grande acontecimento traz. Uma das medidas mais importantes para a gravidez bem sucedida é planejá-la com alguns meses de antecedência. Com esse projeto, a mulher terá mais tempo para se organizar física e psicologicamente para o grande passo que está tomando. Portanto, comece a pensar sua gravidez pelo menos seis meses antes. Assim, o impacto das mudanças será menor e você poderá diluir a ansiedade ao longo do tempo e com uma postura que lhe deixará mais segura, como cuidar do corpo, evitar hábitos nocivos à sua saúde e à do bebê. E, por que não trocar de experiências com outras futuras mamães, gestantes e mulheres que tenham filhos pequenos?


Com a saúde da mente em dia, controlando a ansiedade e cada dia mais tranquila para o momento que se aproxima, não se pode descuidar da saúde. Por isso, é essencial que a futura mamãe procure adotar um estilo de vida saudável. Os exames devem estar em dia, para que a mulher não seja pega de surpresa com alguma doença ou problema que possa comprometer o sucesso da gravidez. Se isso acontecer, ela ainda terá tempo de dedicar-se ao tratamento adequado e voltar à investida de engravidar, sem maiores danos. Uma dica importante é manter uma alimentação balanceada e nisso, um nutricionista pode ajudar, orientando sobre a dieta mais indicada.

Outro capítulo importante é a prática de atividades físicas moderadas, necessária em qualquer momento da vida, mas crucial na vida da futura gestante. Isso porque, além de ajudar para que a mulher esteja com o peso ideal, os exercícios liberam a endorfina, ajudando no combate à ansiedade, além de proporcionarem sensação de bem-estar e melhor disposição. Mas nada de pegar pesado: um profissional de educação física poderá orientar quais os exercícios mais adequados. Não fique temerosa em procurar os especialistas para uma melhor orientação. As dúvidas e inseguranças são comuns e somente eles poderão ajudá-la da maneira mais segura e correta.

No mais, as terapias complementares também são indicadas: yoga, massagens e acupuntura, por exemplo, podem ajudar a relaxar. Além disso, use e abuse de atividades prazerosas, que lhe fazem sentir-se feliz. Caminhar, ler, praticar um hobbie, ir ao cinema, tudo que possa deixar a futura mamãe de bem com a vida e com a saúde.
Por Dra. Maria Cecília Erthal
Chefe do Serviço de Ginecologia e Obstetrícia do Hospital Barra D'Or

** Continuo sem internet em casa, mas acredito que logo essa novela acaba, assim eu espero....
Bjus

Planejando Minha Gravidez – Parte I

10
Sempre pensei que quando me sentisse preparada para ser mãe, ia planejar a chegada da nossa “misturinha” me preparando para um momento muito importante.

Estava no último ano da faculdade, prestes a completar 32 anos, com muitos planos, paixão disse que estaria pronto para ser pai quando eu me sentisse pronta para ser mãe.

Terminado o ano de 2009, passado a colação de grau...decidi então que havia chegado a hora, pensei então em conversarmos sobre esta minha decisão, confesso que senti um frio na barriga afinal nunca eu havia pronunciado ou escrito que já me sentia pronta para ser mãe rs..

Então, paixão me liga pergunta se não gostaria de ir ao Shopping dá uma volta, tomar um café... parecia até que ele estava adivinhando então fomos, fiz alguns rodeios, conversamos sobre alguns assuntos e então eu disse:

- Paixão, lembra que você me disse que estaria pronto para ser pai quando eu me sentisse pronta? (pausa) Então... já me sinto pronta para ser mãe!

Pude ver um sorriso lindo na carinha dele, e desde então se inicia o meu planejamento...



Primeiro: Criei o Blog para me informar sobre tudo que diz respeito á maternidade,me informei sobre partos, procurei me informar sobre as melhores maternidades em São Paulo as que são referência no quesito partos e então me decidi por uma.

Segundo Passo seria: Fazer um Convênio Médico (sim.. não tínhamos convênio...), escolhida a maternidade, precisava de um convênio que atendesse ela, e para isso não poderia já estar grávida, pois a carência para partos em todos os convênios é de 300 dias (10 meses) por isso a importância de um planejamento ou então, pagar pelo parto ou ainda ter o bebê no SUS.

Pra não correr o risco fizemos o convênio.

Terceiro Passo: Começa aqui um tour á procura de um bom GO/Obstetra, fui a um GO indicado pelo E –familynet, por enquanto decidi ficar com este, mas só quando engravidar é que saberei se realmente minha busca termina aqui.

Ele me solicitou os seguintes exames: Papanicolau, Colposcopia, Vulvoscopia, Transvaginal e Ultra Mamária.

Feito os exames e avaliados pelo GO, ele me receitou o Ácido Fólico que iniciei no dia 11.09 e antes de sair do consultório a última frase do médico foi a seguinte:

- Por mim está tudo ótimo, então só retorne aqui quando estiver grávida, rs..

Quarto Passo: Agendei Urologista para o maridinho, ele fez o exame de Espermograma, graças á Deus está tudo dentro do normal.

Quinto passo: Clínico Geral pra mim e para o marido.

Informei ao médico que planejava engravidar e gostaria de saber como estou. Ele foi um amor, muito querido e atencioso pena não ser Obstetra rs.., me solicitou uma bateria de exames:

Urina Tipo I, VDRL+HIV+Sorologia, Hemograma Completo+VHS, Glicemia, Colesterol+Triglicídios e TGP.

Quanto ao resultado dos exames deu tudo normal, com exceção da Glicose que está baixa preciso consumir mais açúcar.
O exame de Sorologia para a Toxoplanose deu: IgG Superior á 650 UI/mL e a IgM 0,3 index, fiquei preocupada... o médico disse que não é grave e tem tratamento, porém é preciso tratar antes de engravidar.

Agora vou passar em um infectologista indicado pelo médico que vai avaliar este exame.

Não posso negar, depois que li sobre o assunto comecei á me preocupar, mas não quero sofrer por antecipação, já agendei consulta com o infectologista e só então saberei qual o verdadeiro diagnóstico de tudo isso.

Como havia dito logo acima á respeito do GO/Obstetra que só saberia depois que engravidasse, li que é o obstetra quem pede o exame de Sorologia pra saber o grau da Toxoplasmose porque é comum a gestante contrair esta bactéria durante a gestação e é muito importante tratar pois o feto é quem pode sofrer maiores danos.

Pois é... o meu GO não pediu este exame, e se eu tivesse seguido o conselho dele de voltar lá só quando estivesse grávida e não tivesse procurado um Clínico, ia sofrer mais ainda.

Mas tenho fé em Deus e creio que ele está no controle de tudo.