Esterilidade por Ansiedade

14
Um post sobre esterilidade e a "bendita" da ansiedade que atrapalha tudo rs..

Você já conheceu casais que conseguiram gerar o próprio filho, depois de adotado uma criança?

Pois são estes os casais que, estão na lista dos especialistas em reprodução humana, diagnosticados por "esterilidade sem causa aparente".
A medicina explica que, muitas mulheres têm conseguido engravidar após resolverem o principal problema da questão ... a ANSIEDADE.
Como saber se eu sou estéril?

As estatísticas somam 20% dos casais que, se encaixam no perfil de diagnóstico de "esterilidade sem causa aparente".
Este diagnóstico é dado a partir de exames para saber se eu sou estéril que, eventualmente realizados, não conseguem detectar a causa da esterilidade, muitas vezes provocada por uma pressão psicológica e problemas fisiológicos.
O prazo estipulado para que se procure um médico por suspeita de esterilidade, deve ser de um ano, porém, casais apressados recorrem a medicina específica para o tratamento, muito antes desse prazo!
Geralmente as mulheres mais maduras que, se dedicaram a vida profissional, e a estabilidade financeira, tendem a ser as mais apressadas.

Dados estatísticos fornecidos pela clínica Fertility / Centro de Fertilização Assistida, SP

NÃO APRESSE A CEGONHA.

Você já pensou, ponderou, analisou, debateu e... finalmente decidiu que quer ter filhos. Agora não cogita mais adiar o sonho de ser mãe ou pai. Ao contrário, só pensa em fraldas, mamadeiras, roupinhas e quer encomedar o bebê o quanto antes. Sendo assim, aqui vai uma dica: é bom pisar no freio e controlar tanta ansiedade. Ela pode causar um efeito dominó daqueles!


Pra começar, a aflição para ter um filho, quando exagerada, pode atrapalhar todo o trabalho do aparelho reprodutor masculino e feminino. "O sistema nervoso central controla a ovulação e, em estado de tensão, a mulher pode não ovular", explica o ginecologista e obstetra Lister de Macedo Leandro, de São Paulo. Mas não é só a mulher que é atingida. No caso dos homens, há uma diminuição quantitativa na produção de espermatozóides. E aí, nada da concepção acontecer.
Muita pressa em engravidar também não é bom para o casal. Movidos pelo afã de ser pai ou mãe, muitos homens e mulheres esquecem que um certo atraso é até natural. E, em vez de relaxar e esperar, se deixam envolver por preocupações, cobranças e medo de que algo esteja errado.

"É importante lembrar que os médicos dão um prazo mínimo de dois anos para os casais que querem engravidar", alerta Lister Macedo. Então, pelo bem dessa parceria e da família que vai crescer nada de arrancar os cabelos sem motivo. Só após um ano de tentativas, o casal deve começar a se preocupar de verdade e fazer as primeiras investigações e isso vale tanto para mulher quanto para o homem.




É claro que planejar a gravidez traz mudanças na rotina.
E convenhamos: qual mudança não gera inseguranças?
Mas, mais uma vez, é bom encarar isso com naturalidade e não deixar os sentimentos negativos atrapalharem os planos. "Se marido e mulher olharem a ansiedade como algo que pode ajudar a construir e não a destruir, a relação deles pode ser muito bem preservada", aconselha a psicanalista Fabiana Ratti, de São Paulo. Palavra de especialista
 
Fonte: Tekatum
           Bebê.com.br

14 Pessoas Comentaram este Post:

Ju Chicrala disse...

Nossa, adoreii o post Edi!!
Interessante. Eu leio os blogs e vejo que algumas treinantes estão cheias de ansiedade, com pressão externa e interna o que dificulta engravidar. Eu ate acho Edi, ficar expondo essa ansiedade pra muitas pessoas, vira quase que uma "obrigação" de engravidar, pois gerou expectativa em muitos que te segue...enfim...depois que perdi, decidi compartilhar somente depois dos 3 meses (aii vou ver se consigo ne...rs), mas acho melhor, para nos preservar.
Adoreiii!
Beijocas

Carol disse...

Tb gostei muito do post... e realmente temos varios casos assim ne... a ansiedade atrapalha muito na parte fisica e emocional de qq pessoa.

Bjussssssss

rosana disse...

DA EDI...VOU MENTIR SE FALA QUE NÃO SOU ANCIOSA....MAS TENTO CONTROLAR VIU...É DIFICIL MAS COM DEUS NO BARCO TD FICA BEM NÉ....A TEMPESTADE VAI PASSAR EU CREIO.....BJINHOS QUREIDA FK NA PAZ.

Nusah disse...

ADOREI, como sempre lindos post!


;)

Cafofo da Fran disse...

É flor
mtas vezes a ansiedade pode atrapalhar mt...
Adorei o post
Bjokas

Amanda Luna disse...

Oii, obrigado pela visitnha, amei seu blog e já tô te seguindo viu?
Beijão
sermulhereomaximo.blogspot.com

Alessandra Ortiz disse...

Muito bom, eu mesmo sou a ansiedade em pessoa!!
Bju.

Renatinha disse...

Eh sim Vania, a gente vive ansiosa, mas nao sei o que fazer pra mudar isso.. pra mim nao existe um botaozinho de liga/desliga, fica dificil!
Agora quanto a tratamento de fertilidade, aqui sao 12 meses de tentativas pra poder entrar na fila do tratamento de graca e 6 meses se a mulher ja tiver mais de 35 anos, eu esperei 15 meses pra pedir o tratamento, mas ainda sonho com a gravidez natural!!
Deus pode tudo!!

bjus

Keyla disse...

Realmente a ansiedade atrapalha, mas é uma bola de neve e fica complicado segurar. Mas finalmente depois de 2 anos consegui desencanar, não me pergunte como, só sei que depois de um surto enorme, eu tranquilizei... hehehe!! Estou numa de quando rolar rolou e confesso que estou me sentindo muito bem com isso... não sei se logo não tenho um novo surto e encano de nov, mas até lá, vou curtindo esse momento e os bbs das amigas.. hahaha!!
Ótima a matéria!

bjos

www.vidademargarina.com.br

Patricia disse...

amiga que post legal,
mas pra ser sincera,é dificil controlar essa tal de anciedade,ham ela me mata.para tudo temos ansiedade quando esta terminando o ciclo,se não vem o positivo,lá vem ela de novo esperando o periodo fertil,fala que não é huó.
bjs linda!!!

Helen disse...

Edi...mas como separar esse sentimento??!!
kkk...praticamente impossivel!!
Eu juro que tento não ficar pensando em coisas ´´gestacionais´´masss não consigooo...faz parte de mim...

Ai meu Deus...espero que não seja esse o motivo da minha esterilidade...pois se for eu to frita!!
kkk

Valeu Edi...Post mara ;))

Priscilla disse...

ótimo post edivânia
mais um pra eu dar os parabénss!!
Beijinhos e boa semana!!!!!!!

Rebeca disse...

Amiga, eu já vi casos de mulheres que engravidaram logo depois de uma adoção. Realmente a ansiedade é uma vilã.
Mas por outro lado, eu acho que esse prazo de dois anos antes de qualqur investigação é meio desumano com a mulher (que geralmente é a mais ansiosa). Ficar meses a fio na expectativa tb derruba!
Eu leio o blog de uma mãe de quadrigêmeos, que cansou de esperar, procurou um médico e disse que estava a mais de ano tentando sem conseguir. Mentiras à parte, um ou dois anos é mesmo muito tempo pra tentar vc não acha? Quem consegue não ficar ansiosa com isso?

Beijos

Taly Watanabe disse...

Oiie Edi..eu bem sei como é essa ansiedade..como atrapalha né?eo dificil é ficar sem ela..aiiaiai..
Acho q só engravidei devido o indutor mesmo..que segredinho (tomei por conta..rs)
***
Então, o medico q fiz a Ultra com 11 semanas disse que é balela esse negocio de chocolate, mas comi dessa vez e o danado estava bem serelepe viu?rsrs..não custa nada comer um quadradinho de chocolate né?rs
**
Vc viu como o danado ta crescendo rapido?rsrs...é mto bom..e é isso ai..o hematoma ja eraas..rs
E vc esta bem?
bjss

Postar um comentário

Oba! Oba ! Você vai comentar!!